6 de dezembro de 2018

Piegas

Foto de Dana Tentis

À tardinha, seis em ponto,
a luz retoca a sua figura
pra estar com o horizonte.

O rio corre e deixa pronto
o seu leito pra que a lua
ao reclinar, beba na fonte.

Às palmas de seu sonho,
dá o ipê, floradas muitas -
ainda que umas tombem.

Sem receio nem confronto,
na natureza, a conjuntura
é quem sente não esconde!


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).