2 de setembro de 2018

A Matrona

Tela: Aurora (1814-15), Anne-Louis Girodet de Roussy-Trioson

Logo quando ela chega,
repete gestos calculados:
a baixela dourada à mesa
e os grãos de sal espalhados,
que luziram a noite inteira
a alguns olhos esfomeados,
recolhe e dispõe na ceia
que haverá no outro lado.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário