10 de junho de 2018

Recato

Tela: Morgenlandschaft (Aurora) - circa 1606 - Adam Elsheimer

Para P. L.

Cobriram-na com tanta joia,
que simplesmente assentiu.
À vaidade, se viu exposta -
assim, por horas, se retraiu.
Pra não soar uma incógnita,
ao silêncio, não sucumbiu:
abriu a boca e saiu "Aurora!",
quando todo enfeite sumiu.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário