8 de junho de 2018

Na madrugada

Tela: Kuutamo (1890), Elin Danielson-Gambogi

O amor é desses bens caros
que muita gente tem herdado
sem por eles pagar vintém.

Com alto valor de mercado,
só o ostentam, desavisados -
atraindo a cobiça de alguém.

Não são como o céu: sensato,
que exibe seu broche dourado
quando se vê quase ninguém.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).