14 de junho de 2018

Embaraço

Tela: Seenlandschaft bei Mondschein, Giuseppe Canella the Younger (1837-1913)

Quem vê o rio denodado
arrojar-se no mar bravo
estranha, após o ocaso,
ele tremer, ressabiado,
com a lua em seus braços.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).