19 de março de 2018

Arredio

Tela: Kornfeld im Mondenschein (circa 1830), Samuel Palmer

Para P. L.

Um uivo, por ele ouvido,
que era o único disposto;
um vulto, tão repentino,
porque se fez de absorto.
Um pretexto e o contíguo
já se afasta de todo -
mas nem no canto sombrio
estrela larga do posto.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).