15 de janeiro de 2018

O algoz

Tela: Kvinde ved vindue - Waiting By The Window, Carl Holsøe (1863-1935)

O silêncio usa com categoria
esta lâmina que a espera afia:
quanto mais ele se acomprida,
mais no fundo, ela se aninha.

E se incita, na vítima, a fantasia
da voz que volta e cura a ferida,
é aí que exibe sua covardia:
o improvável aumenta a agonia.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).