29 de janeiro de 2018

Lázaros

Tela: Echo and Narcissus,
Louis-Jean-François Lagrenée (1725-1805)

A privação reserva as suas graças
só às almas que nunca se fartam:
nacos da paisagem que escapam
dos dentes da persiana mal-fechada
e a migalha, que a festim se equipara,
pra habitué de quem não dá nada.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).