21 de dezembro de 2017

Perspectivas

Tela: Høstaften ved Hjortekæret, Jægersborg Dyrehave
(1888), August Andreas Jerndorff

Se para alguns ela paira
a noite toda sem pausa
outros tantos reparam:
em rios, lagos ou praias
tão logo voa, já pousa -
a lua é garça prostrada.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário