11 de dezembro de 2017

Deuses

Imagem: Illustration by Harry Furniss in Sylvie and Bruno (1889) by Lewis Carroll

Voava aqui um besouro onipotente
grande e de zumbido insistente
que me acuou e fez gritar prontamente.
Nenhum de nós, porém, tinha em mente
que esperava ali, mais à frente,
a inversão dos papéis de repente:
assim que pousou ao chão rente,
foi-se o ar altivo (ou o equivalente)
e sem tempo de estarmos cientes
feito olho por olho, dente por dente
pela casca, o nivelei para sempre.


10 de dezembro de 2017

Noite

Tela: Moonlight (1893), Edvard Munch

Quem pensa que tudo silencia
é porque não prestou atenção.

O dia reserva a algaravia
pra hora da escuridão.

Grilos e feras principiam
seu agudo refrão.

Nas almas não redimidas
ressoa grave, um senão.

Só a hora matutina
rearranja a composição.

Até lá, um solo sentencia:
os que velam não escaparão.


7 de dezembro de 2017

Efeitos

Tela: La Petite Mendiante (1880), William-Adolphe Bouguereau

Para P. L.

Não subestime a tua oferta:
é um prodígio o que ela faz.

O luar que entra pela fresta
um quarto, pode iluminar.

Uma gota pra alma repleta
e tudo põe-se a transbordar.

5 pães e 2 peixes na mão certa:
bocas se fartam e deixam sobrar.


5 de dezembro de 2017

Comprimido

Tela: The Lady of Shalott (1888), John William Waterhouse

Tão exíguo, mal se distingue
o que enche a alma de vida!
(Quem entende o coração?)

Basta o relance do ser insigne
para aquela que ia à deriva
enfim encontrar o seu chão.


4 de dezembro de 2017

A Lição

Tela: Las horas tristas (The sad hours)
- circa 1900 - Ramon Casas i Carbó

Chora às escondidas
a que, afoita, apossa
de sua pérola mais fina
ao que não se importa.

Qualquer ostra ensina
esta lição preciosa:
só aquele que se digna
alcança a sua joia.


3 de dezembro de 2017

A Emoção

Tela: Nocturne (1887), Eilif Peterssen

Nem sempre vem à luz e só quem a leva
tem a justa noção da grandeza dela.
Não ser qual um lago, a mim, exaspera
pois à vista de todos, a lua, ele gesta.


2 de dezembro de 2017

Trincheira

Tela: Blow Blow Thou Winter Wind (1892), John Everett Millais

Preserva-a assim, deserta:
ao que se impõe de todo jeito,
boa estratégia é sucumbir.

Se o frio invade, é coisa certa
que tomará do hall ao leito -
e vai passar, quando convir.