19 de setembro de 2017

Frívola

Tela: Mädchen am Strand (1820), Max Nonnenbruch

Distendi meus tentáculos,
e não consegui tocá-la:
tua alma sem porquê claro
de ponta a ponta, vaga.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário