10 de setembro de 2017

Eficaz

Imagem: Médée (1898), Alphonse Mucha

Que o pasmo rouba as palavras
é amplamente alarmado.
E o desenganado, quando cala,
a elegia vem embalá-lo.
Porém como o desprezo, nada
pra cerrar bem os lábios.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário