18 de março de 2017

Gravidade

Imagem: Reprodução- Internet

No amor, começamos rarefeitos,
mas (é fatal) condensamos.
E no chão - de pesar, cheios -
sempre acabam nos achando.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.