24 de dezembro de 2016

O Tempero

Foto de Mathias Krumbholz

Os grãos que alguém virou
do celestial saleiro
e que salpicam o forro da noite
de janeiro a janeiro
- mesmo de longe -
dão gosto ao mundo inteiro.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.