25 de outubro de 2016

Esmero

Imagem: Reine de Joie (1892),
Henri de Toulouse-Lautrec

Para el

Essa rajada minuciosa,
que não salta nada:
afaga até o chão;
lembra a amante ciosa
que da superfície amada
assopra restinhos de pão.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário