30 de agosto de 2016

O inseto

Foto de Zeynel Cebeci

Quem o vê dia após dia
revolutear com mesuras
lastima: "Em vão, beija e gira!...".

Não desconfiam que a flor
paga a cortesia com doçura,
embora pareça tão fria!


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.