23 de julho de 2016

Condição

Tela: Absence Makes the Heart Grow Fonder (1912),
John William Godward

Para el

O amor, mesmo platônico,
posto que é cego, é tátil.
Eu só amo por contato:
roço o seu dorso por acaso,
boto meu corpo em seus braços,
tomo seu rosto em meus lábios.
Se, num dia, ele some da vista
- me escapa -
posto que é tátil,
não há chance de entrega
(mas está consumado).


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.