10 de maio de 2016

O novo amor

Tela: Capas de la Reina (Poema de la Tierra) - 1934-8 -
Néstor Martín-Fernández de la Torre

Não se engane: seremos patrícios.
Você é do meu coração,
onde está à vontade.
E me refestelo no seu convívio.
"Quem come a comida de uma terra
passa a ser desse lugar" -
um refugiado na TV falou isso.
Não vejo a hora de que chame de "pátria"
o que pra você, por ora, é apenas asilo.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.