14 de maio de 2016

Descobrimento

Tela: Iracema (1909), Antônio Parreiras

Depois de conhecê-la à vera
dá as costas (parte às pressas)
o insensível desbravador.

Deixa de costa à costa descoberta
quem nunca mais se recupera
do contato profanador.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.