19 de setembro de 2015

Objeto de desejo

Tela: Studie zum "Opernball" (1853), Adolph von Menzel

Não dá pra saber de tudo,
então foquei em você.
Na sua estatura
nos seus tênis
no seu sotaque
que vem cheio, baixo, alto
feito maré sobre máximas alheias.
Você é esbaforido:
lembra um muar atolado.
Mal para pra Coca Light,
ignora a fruta ávida no pé.
Tem meninas na vanguarda,
uma cruz na retaguarda -
não sei muito.
Não dá pra saber de tudo.
Por ora, espiá-lo me entretém.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário