12 de agosto de 2015

Paquera

Tela: Barcelona (2007), Andrew Stevovich

O que me inebria não exala:
só tem sabor.
Se me acusa de sóbria
e quer companhia pro copo,
meu fígado virgem é forte.
Mas minhas pestanas, não:
quando eu chegar ao quarto gole,
sem muita conversa mole,
confesse logo o seu amor.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.