30 de julho de 2015

Mamão com Açúcar

Tela: Liebespaar (cerca de 1913), Kolo Moser

Fruição vem depois da evidência.
O enigmático me repulsa.
Agora sim, lambo os beiços:
despida (mas cheia de saliências)
é assim que a paixão se desfruta.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.