24 de abril de 2015

Apego

Tela: Modern Magdalen (1888), William Merritt Chase

A ave se livra das penas.
O galho não liga pra seca.
As pedras rolam da serra.
O leito reparte no curso.

A terra abre mão do fruto.
A flor não esconde o doce.
Cigarra se gasta no canto.
Estrela finda (ainda) dá luz.

Só eu guardo:
um amor que não rende graça,
mas pranto.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário