14 de março de 2015

Súplicas

Tela: Mother and Child (1890), Mary Cassatt

Que vozinha é essa
que vem do quarto escuro?
"Mamãe."
Ela pede consolo
ou vem me consolar?
"Papai."
Fina e firme
feito organdi:
"Mamãe".
Vai sumir
quando o sono chegar,
"Papai".
Numa noite fria
que num dia há de vir
- "Mamãe" -
ela vai se encorpar
e parar de chamar
"Papai".
E no quarto escuro
antes de dormir
("Mamãe..."),
vou apertar meus olhos
e pra Deus suspirar:
"Papai...".


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.