21 de dezembro de 2014

O professor de equitação

Tela: Lovas a vízparton (1911), Kernstok Károly

A mente tem fome.
E vamos em busca
de leituras, viagens,
explicações.

O coração tem fome.
E nos apaixonamos
por gente, discos,
uma paisagem, um cão.

O corpo também tem fome.
E ele treme
com a visão de uma nuca
dourada
e um belo dorso.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.