29 de dezembro de 2014

Guia de Sobrevivência

Foto de Rostislav Kralik
Mulher tem que ser
lisa -
e eu me esforço
muito bem.
E dá-lhe Gillette
e manteiga de castanha:
no ponto
pr'um homem me engolir.

Porém,
se me rebelo
e não me raspo
e minhas pontas
ficam postas,
ninguém me toca -
sou um cacto.

Áspera e eriçada,
com a seiva no centro,
só,
mas a postos pra vida:
sol
a pino que não cede.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário