2 de novembro de 2014

Sem planos

Tela: Woman on a Bench (1879), Édouard Manet

Meu pescoço é mole
demais
pra olhar pra frente.
E mesmo que houvesse
firmeza
distrairia
com a fila de formiguinhas,
o vaso de planta ao sol
e o móvel de jacarandá
que acabaram de lustrar.

O mundo é tão cheio
de coisas miúdas!
Não presto pros grandes
ideais.
Meu negócio é olhar
pros lados.
Pouco pra trás.
Adiante, jamais.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário