4 de novembro de 2014

Os ladrões

Foto: Bundesarchiv, Bild 183-H0725-0001-007/ Kluge, Wolfgang/ CC-BY-SA

Lá vai a menina rica.
Todo dia vejo passar.
De uniforme,
tênis gasto,
mochila pesada,
pulseiras no braço.
Desce cantando
cercada de amigas.
Vai a pé para casa:
não tem condução.

Sim, ela é rica:
ostenta leveza,
esbanja frescor,
se consome de riso.
Tá certa a guria,
que os anos chegam
arrombando -
sem manha,
os brutos
carregam tudo.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.