28 de setembro de 2014

A lagarta

Tela: Alice in Wonderland - Advice from a Caterpillar (1906) by Arthur Rackham

Que bela figura
a lagarta preta
cruzando o cimento
que nem tartaruga.

Seu corpo peludo
se estica e enruga
em passos curtinhos
que perduram.

Admiro a calma
dessa criatura
que alheia às pisadas
arrisca a coluna.

Não importa o custo:
pra ela a sepultura
ou a corrida ganha,
por ser dura.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.