19 de agosto de 2014

Penitência

Saint Teresa of Avila's vision of the dove (circa 1612-14), Peter Paul Rubens

Olho pros santos
de igual pra igual:
a vida é o meu
cilício.

A vizinha de baixo
bate bifes toda
noite -
na dor
também vejo se amacio.

Se a pedra não tá
no rio,
mais árduo
é o seu destino.

Não rolo pra lá
por vaidade:
pra não chegar aos Céus
de dedo enrugado.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.