19 de julho de 2014

Primeiras regras

Foto de Anna Langova

Desde cedo
aprendi:
sentar
de pernas fechadas,
mastigar
de boca fechada,
manter
os braços fechados.

Sigo tudo,
e perco o gosto
da comida.

Reclamo:
o molho pingou
na calça.
Resmungo:
pra quê gergelim?
Só serve
pra agarrar
na gengiva.

Na praça lotada,
ninguém
se assenta a meu
lado.

Vontade de pôr
uma placa:
"Não mordo.
Tô de dente
sujo
e boca cerrada".


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.