7 de julho de 2014

Baixa Exposição

Foto de Langthom

No escuro,
todo mundo
é mais bonito.

Pra pecar menos,
penso em
meia-luz.

Da minha cabeça,
a fumaça branca
do meu filme.

Ninguém
nota
meu conceito baixo:
as mentes voam.

Enquanto comem
mosca,
aturo meu quinhão:
faço sinal da cruz,
e ando na contramão.


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.