19 de maio de 2014

Missiva

Tela: La Lettre (1908), Jean Béraud

Oh, meu querido!
Preparei tudo pra recebê-lo!

Empenhei o meu melhor
em cada lâmpada trocada,
caminho passado,
sanefa espanada,
forro tirado.

Revistei a despensa,
testei forno,
resfriei vinho,
reluzi azulejos,
recolhi roupas,
subi o varal.

Fui me confessar,
acendi velas,
joguei água benta,
rezei Terço,
ajeitei imagens.

Liguei o chuveiro
(não usei gilete)
e no meu corpo seco
passei 3 tipos de creme.

Vesti algodão,
calcei sandálias,
umedeci os lábios.

E agora me pergunto
se meu labor
será recompensado
com uma visita sua,
o seu olhar,
o seu abraço,
as suas mãos
- ah, se eu pudesse ousar mais! -,
o seu amor.

Aflitamente,

A.

Tela: The Orange Trees (1878), Gustave Caillebotte


Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.