17 de janeiro de 2011

Coincidência? Providência.

Deus rege TODOS os acontecimentos.
Este Post traz 3 exemplos recentes de Sua ação na minha vida!

Coincidência, segundo o dicionário, é "Simultaneidade de diversos acontecimentos". Providência, também de acordo com o Pai dos Burros (eu prefiro chamá-lo de Mestre dos Sábios) é "Sabedoria suprema com que Deus conduz todas as coisas". Nessa semana que acabou há pouco, vivi o que muitos céticos chamariam de "coisa sem importância" ou "mera coincidência". No entanto, guiados pela fé católica que somos, sei que tudo não passou de Providência Divina.

Você deve estar curioso, né?

É que, entre sexta-feira e domingo, uma cadeia de singelos acontecimentos me mostrou enfaticamente que a Mão Misteriosa de Deus vela por nós de fato e conduz com doçura e firmeza todos os eventos. Não há o que temer. Não há por que temer.

Chega a ser agradável (e, ao mesmo tempo, surpreendente) o tanto que Ele está presente na nossa vida. E o triste é que, se não estamos atentos a Sua ação carinhosa e diligente - devido a nossa pressa, preocupação excessiva ou distração mesmo -, ela passa despercebida. Oculta, embora tão estridente.

Para relatar a "cadeia de singelos acontecimentos" que me revelou com alarde a ação maravilhosa de Deus na minha vida, dividi o Post em 3 cenas. Com as três ocorrências reportadas separadamente. A conclusão a que cheguei?

Fotografia de Takkk

Foi esta: a vida é um bolo imenso pontilhado de cerejas, que são as pequenas, doces e vibrantes surpresas do dia a dia. E eu convido você a localizar as cerejas que surgiram em sua vida recentemente. Faça isso! É ótimo pra gente valorizar a riqueza que temos e, às vezes, ignoramos. Se puder, compartilhe comigo o que descobrir em comentários (logo abaixo). Boa Leitura!

1ª cena - Batismo no Espírito Santo ao vivo, pela TV

Imagem: Pentecostes (1540-1550) - Autor Desconhecido

No domingo, dia 16, sentamos meu marido e eu para tomar o café da manhã. Eu estava angustiada. Não me lembro como a nossa conversa sobre o Espírito Santo começou. Sei que, lá pelas tantas, observei: "Todos nós, batizados, temos o Espírito Santo. É uma blasfêmia dizer o contrário. O problema é que o Espírito Santo em mim anda tão mirradinho, com as asinhas molhadas, acuado num canto. Queria tanto despertá-lo...".

Esqueci de mencionar que, como sempre, a TV estava sintonizada na programação da comunidade católica Canção Nova. Era o encerramento do Acampamento Revolução Jesus - dedicado aos jovens.

Enquanto conversávamos, o idealizador e organizador do evento, o mineiro Adriano Gonçalves, falava o quanto seria bom se o fundador da Canção Nova, Monsenhor Jonas Abib, participasse da Santa Missa que haveria à tarde. Minutos depois, entra no palco onde a palestra ocorria o próprio monsenhor. Em pessoa. Dei um grito de alegria: ultimamente, é muito raro vê-lo na TV Canção Nova.

Como fez questão de frisar no início de seu discurso, Monsenhor Jonas Abib alegou que estava meio sumido do público, porque está "atravessando um vale escuro" (que nada tinha a ver com problemas de saúde). Em seguida, relatou que no ano de 1964, um padre pôs a mão em sua cabeça e "batizou-o no Espírito Santo"...

... E que ele faria o mesmo naquela hora, ao vivo. Que batizaria no Espírito Santo todos os que estavam naquele local e até "os adultos que estivessem em casa, assistindo pela TV". Dei novo grito. De felicidade. Fechei os olhos e ali à mesa, logo depois de lamentar com o meu marido como o Espírito Santo em mim estava "entristecido", fui batizada no Espírito Santo! E pelo padre Jonas!

P.S. Para saber mais sobre o que esse batismo significa, acesse alguns destes três Links: É hora do Batismo no Espírito; Wiki Canção Nova ou Blog Padre Luizinho.

2ª cena - Doação para as vítimas das enchentes no Rio (BRASIL)

Teresópolis - cidade mais afetada pelo temporal que atingiu a Região Serrana
do Rio de Janeiro - Montagem de Vladimir Platonow - Agência Brasil (ABr)

Meu marido e eu nos mudamos em setembro do ano passado. Ajeitando o nosso novo lar, acabei separando um bocado de coisas para doar: roupas, sapatos, bolsas... Pois bem. Minha intenção primeva era entregar tudo no bazar da Canção Nova, na sede da comunidade católica aqui em BH (que fica na Avenida Isabel Bueno, nº 400, Bairro Jaraguá).

Ocorre que moramos longe de lá, no outro lado da cidade. E as vezes em que fui à comunidade estava de ônibus e sem o Farney, portanto era difícil carregar sozinha o peso das doações. E a sacola foi ficando, ficando... Até sábado dia 8, quando minha mãe a levou, a fim de que tivesse um destino diferente: o bazar do Cersam (Centro de Referência em Saúde Mental), onde minha irmã Andréa Cristina trabalha.

Andréa, sobre a qual falei no Post Homenagem aos Católicos Não-Praticantes, promove bazares e distribui doações entre os pacientes de que trata, portadores de distúrbios mentais - como a esquizofrenia. Alguns têm pouco com que se vestir. Portanto, seria um destino tão bom para minha sacola quanto a Canção Nova e consenti.

Ocorre que minha irmã, bastante comovida com as enchentes no estado do Rio de Janeiro, decidiu ir à Cruz Vermelha aqui na capital mineira (estado de Minas Gerais), dar a sua contribuição. Entre a ajuda que levou no sábado, dia 15, estava a sacola com todas as coisas que eram minhas.

Ao me contar o que fez, levei um susto. E comentei:

"Andréa: jamais podia imaginar que minhas doações fossem parar no Rio de Janeiro! Você acredita que no meio delas havia orações - uma novena para as mãos ensanguentadas de Cristo; um terço para o ombro chagado Dele - e até uma imagem de Nossa Senhora da Cabeça? Acabei de me lembrar agora! Quem abrir a sacola vai achar que eu doei de caso pensado, para as vítimas rezarem!..."

Achei esta situação tão singular: de algum modo, Deus me levou a fazer a minha parte frente à tragédia no Rio. Decidi, por isso, relatá-la aqui. (Estou certa de que a Canção Nova ficaria feliz com o destino da sacola!)

Nova Friburgo - voluntários trabalham na separação do material arrecadado
para vítimas das chuvas na Região Serrana do Rio - Foto de Valter Campanato (ABr)

3ª cena - Sonho com Papa e beatificação de João Paulo II

João Paulo II (2004), por Eric Draperhttpen
Segundo a imprensa divulgou amplamente, a beatificação* do Papa João Paulo II deve ocorrer em maio deste ano - certamente, no primeiro dia do mês dedicado a Nossa Senhora. A novidade alegrou milhares de católicos em todo o mundo, especialmente os poloneses, concidadãos do papa.

Professor Felipe Aquino postou em seu Blog um texto da agência de notícias EFE, que diz que a informação foi divulgada na quinta-feira passada, dia 13. Ou seja, exatos dez dias depois de eu haver sonhado com o papa, conforme relatei no Post d'A Católica Sonhei com o Papa João Paulo II.

Fiquei relembrando o sorriso incrível que ele me dava, a benção que vi ele ministrar nos doentes... (Se ainda não leu, convido-o a dar uma olhadinha no Post.) Que doce privilégio. Que "coincidência". Que benção! O que é a Divina Providência, não é mesmo? Fico por aqui. Saúde e Paz!!

P.S. Para entender como ocorre os processos de *beatificação e canonização de uma pessoa, leia aqui.


Foto da imagem de Deus: Ermitorio del Calvario, Alcora, Valencia (Espanha), por Alimanja



~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Um comentário:

  1. Ana Paula, estou até sem fôlego de ler seu enorme post cheio delícias, uma diferentes da outra, todas se concatenando. Muita energia! O que mais me deu pena, foi de ter perdido a entrada do Pe. Jonas. Faz tempo que ele sumiu. Sumiu das celebrações. E que glória vc ter sido batizada no Espírito. Que beleza! Todas as Bênçãos, minha linda! Abração!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.