5 de dezembro de 2010

Estou tristíssima... Mas (também) é bom viver assim!

Como a natureza, também temos estações, embora nem sempre
coincidam: estou no frio da neve e é primavera no Brasil!

Você não tem ideia do "lixo" que estou me sentindo nos últimos dias. SE não fossem a paciência e o amor do meu marido, não sei se aguentaria. Nessas horas, em que a tristeza me envolve feito um lodo ou um musgo frio e lamacento, nem assim, perco a minha fé. Estou no chão, na pior, presa nas tripas que são as raízes do mangue. Porém, ainda nessa condição, consigo vislumbrar Jesus Cristo. A lama me envolveu, mas não endureceu o meu coração nem turvou de todo a minha visão.

Jesus está lá, distante, bem adiante de mim, mas vejo a sua veste branca, os seus pés. Vou sair desta. Não tenho pressa. Não tenho pressa de sorrir de novo. A melancolia faz parte do ser... Humano. Errado é não querer sair dela, e não estar nela. Estou. Estou. SE dependesse de mim, na cama mesmo eu ficaria ou assentada no sofá colorido com o pano africano que o Shailen nos deu de presente de casamento.

O dia em que finalmente entendi a lei da inércia, nas aulas de Física no colégio, descobri a minha inércia: adoro ficar parada. Paradinha. E se nada provocasse o mínimo movimento dos meus braços ou das minhas pernas, ali mesmo eu ficaria. O que se move em mim, mais rápido do que as batidas do coração (que meu primeiro pediatra já afirmara bater "muito lento"), são as conexões entre os neurônios. E pensar que a ...dita enxaqueca, com que venho sofrendo desde 2005 ou 2006, atrapalha a presteza dessas conexões.

Este Post é breve, porque estou triste.
Só para sinalizar para você que não acho ruim estar assim.
Faz parte da vida.
Vou esperar pacientemente a bruma da tristeza ir embora.
Não deixei de rezar nem amo a Cristo menos devido a isso.
É maravilhoso o privilégio de, como a natureza, passar por todas as estações.
É quase verão aqui no Brasil, primavera no seu auge.
Contudo, estou no inverno. Flocos de neve caem sobre mim.

Saúde e Paz!!

Fotografia de Vectorportal Site


~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Um comentário:

  1. Tem nada não, menina. Tudo passa. Isso também vai passar. Atrás de nuvens negras carregadas, tensas elétricas, está um sol maravilhoso que logo brilhrá para vc. Silencie o coração! Silencie a alma! Aguarde guardando a ansiedade, a prostração. Ele está nesse momento do seu ladinho, quietinho tbém. Aguarde! Tudo passa!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.