19 de novembro de 2010

Que alívio: NÃO preciso ser maior do que ninguém!...

Siga o Blog com + bloglovin'!

A festa de Cristo, Rei do Universo me ensina a reconhecer e assumir o meu lugar:
sou uma serva, a exemplo da vocação de servir
da qual a realeza de Jesus está imbuída!

De acordo com a minha revistinha Ano Litúrgico - C - 2010, das Paulinas, neste domingo, dia 21 de novembro, a Igreja Católica celebra a festa de Cristo, Rei do Universo. Como jornalista que fui, poderia destrinçar aqui, agora para você que festa é essa, por que e desde quando ela ocorre. Mas, isso você pode encontrar em bons sites católicos, como nesta página da cancaonova.com.

Neste post d'A Católica, quero apenas elucidar o que essa celebração significa para mim. E sinta-se à vontade para fazer o mesmo: vá em comentários, logo abaixo, e diga por que essa festa também é importante para você! Será um prazer saber do seu Ponto de Vista!

Bem, sempre tive problema com as imagens de Jesus Cristo, o Nazareno, o Galileu, que morreu crucificado, nu, e sempre elegeu os pobres e excluídos como seus preferidos, representado com vestes luxuosas e coroas radiantes, cheias de pedraria. Para mim, parecia que toda essa parafernália destoava da Sua personalidade e que Ele não gostava de se ver "sufocado" com tantos objetos inúteis. Sempre amei em Jesus aquele "vestido" branco, simples, e os pés descalços...

... Contudo, acompanhar as Santas Missas, a programação da TV Canção Nova, as lições do formidável "Google da Igreja Católica", como já foi chamado o Professor Felipe Aquino, e minhas leituras de obras católicas, sobretudo do Catecismo da Igreja Católica, ajudaram-me a entender por que não há problema em paramentar as imagens de Cristo com dourados e brocados: afinal, é assim que um Rei deve se vestir, certo?

Adornos justificados, o que podemos depreender da realeza propriamente dita do Filho de Deus? Recorro às palavras do Catecismo, parágrafos 783 e 786:

Jesus Cristo é aquele que o Pai ungiu com o Espírito Santo e que constituiu "Sacerdote, Profeta e Rei". (...) Cristo exerce sua realeza atraindo para si todos os homens por sua morte e Ressurreição. Cristo, Rei e Senhor do universo, se fez servidor de todos, não veio "para ser servido, mas para servir e para dar sua vida em resgate por muitos" (Mt 20,28).

Para o cristão, "reinar é servir", particularmente "nos pobres e nos sofredores, nos quais a Igreja reconhece a imagem de seu Fundador pobre e sofredor". O povo de Deus realiza a sua "dignidade régia" vivendo em conformidade com esta vocação de servir com Cristo.

Interessante encontrar no Catecismo da Igreja, que reúne e ensina a doutrina católica, o servilismo justificando a dignidade de rei de Jesus e daqueles que Ele chamou para O seguirem (ou seja: você e eu). Participamos da realeza de Nosso Senhor, na medida em que nos identificamos como esse papel servil. Bonito, isso! Parece um paradoxo. E paradoxos são a cara de Cristo e da Sua missão.

Simeão mesmo, "homem justo e piedoso", em quem o Espírito Santo estava e que esperava o Messias redentor, disse a Nossa Senhora, por ocasião da apresentação do Menino Deus, no templo:

Simeão abençoou-os e disse a Maria, sua mãe: "Eis que este menino está destinado a ser uma causa de queda e de soerguimento para muitos homens em Israel, e a ser um sinal que provocará contradições, a fim de serem revelados os pensamentos de muitos corações. E uma espada transpassará a tua alma" (Lc 2, 34-35).

São Paulo - que não por acaso mudou o nome de Saulo para Paulo, que significa "pequeno", "humilde" - explica na Primeira Epístola aos Coríntios:

"Já que o mundo, com a sua sabedoria, não reconheceu a Deus na sabedoria divina, aprouve a Deus salvar os que creem pela loucura de sua mensagem. Os judeus pedem milagres, os gregos reclamam a sabedoria; mas nós pregamos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e loucura para os pagãos; mas, para os eleitos - quer judeus quer gregos -, força de Deus e sabedoria de Deus. Pois a loucura de Deus é mais sábia do que os homens, e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.

Vede, irmãos, o vosso grupo de eleitos: não há entre vós muitos sábios, humanamente falando, nem muitos poderosos, nem muitos nobres.

O que é estulto no mundo, Deus o escolheu para confundir os sábios; e o que é fraco no mundo, Deus o escolheu para confundir os fortes; e o que é vil e desprezível no mundo, Deus o escolheu, como também aquelas coisas que nada são, para destruir as que são. Assim, nenhuma criatura se vangloriará diante de Deus. É por sua graça que estais em Jesus Cristo, que, da parte de Deus, se tornou para nós sabedoria, justiça, santificação e redenção, para que, como está escrito: quem se gloria, glorie-se no Senhor (Jr 9,23)" (1Cor 1, 21-31).


Com essas palavras de São Paulo, meu quase ou meio xará, encerro o Post desta antevéspera da Festa de Cristo, Rei do Universo.

Como tão bem expôs o 13º apóstolo ou o "apóstolo dos gentios" nos últimos versículos de sua carta, celebrar Jesus como o Rei do Universo, para mim, é reconhecer a minha pequenez, a minha insignificância e dar mais uma vez "Adeus", "Goodbye", "Auf Wiedersehen" as minhas pretensões de ser Grande, Famosa, Melhor Do Que Os Outros. Uma festa como a deste domingo nos coloca no nosso devido lugar e Jesus, o Filho de Deus, no lugar onde Ele merece estar: no Trono, como Rei que é, À Direita de Deus-Pai-Todo-Poderoso.

Antes de me ir, convido você a rezar a oração a seguir. Saúde e Paz!!

Oração a Cristo, rei universal
(Livro de Orações, Editora Ave-Maria)

Cristo Jesus,
eu Te reconheço como rei universal.
Tudo o que foi feito,
para Ti foi criado.
Exerce sobre mim todos os Teus direitos.
Renovo as minhas promessas do Batismo:
renuncio a Satanás,
as suas pompas e as suas obras,
e prometo viver como bom(boa) cristão(cristã).

Particularmente empenhar-me-ei
a fazer triunfar, por todos os meios ao meu alcance,
os direitos de Deus e da Tua Igreja.

Divino Coração de Jesus,
ofereço-Te as minhas pobres ações
para alcançar que todos os corações
reconheçam a Tua realeza sagrada
e que, por esse modo,
o Reino de Tua paz se estabeleça
em todo o mundo. Amém.

P.S. Assista aos vibrantes missionários da Canção Nova: Dunga, Diácono Nelsinho Corrêa, Eliana Ribeiro e Padre Cleidimar entoar REI SENHOR, ao vivo no Cristo é o Show, (se não me engano) aqui em BH. DEMAIS!!


Fotografia de Toby Hudson

~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.