23 de novembro de 2010

Internautas, vamos de mãos dadas: 4 meses d'A Católica!

São necessárias muitas mãos para se construir um Mundo Melhor,
o Mundo com o qual Jesus sonhou.
Obrigada por estender a sua em direção a minha!

Uma das coisas mais lindas que estou aprendendo desde que me tornei Bloggueira (com dois "G", porque sou do Blogger!), bem, é como precisamos uns dos outros. Hoje, exatamente HOJE, A Católica completa 4 meses de existência e devo muito a muitas pessoas!... Incluindo você. Sim: você mesma(o), que me dá a Alegria imensa de ler este Post ou qualquer um dos outros que já escrevi no e para o Blog!

Dentre as mãos que me valem, destaco as autoras do Blosque e do Dicas Blogger - quem pensa em se tornar Bloggueiro (com B maiúsculo), não pode deixar de visitar esses 2 blogs.

Dentre os olhos que me favorecem estão os seus, que acompanham as crônicas d'A Católica sempre que podem, e especialmente os olhos dos internautas que se arriscaram a me contentar com um comentário durante este 4º mês na blogosfera, que se encerra hoje:

- Juraci Josino Cavalcante em Você pensa em COMO estará depois da sua morte?;
- Carlos William, o Cacá, em Fazer cara feia não vai resolver os nossos problemas;
- LA em Eu encontro prazer no trabalho braçal!;
- Sinais do Mundo em Quando ateus tentam perturbar a nossa Fé em Deus;
- Almas Castelos em Uma praga chamada "apelido" e em Detestar a solidão e gostar de estar sozinha... É possível?;
- Angelo Miguel em Poesia NÃO é coisa só pra gente chique e sabida, sabia?;
- Almas Castelos e Andrea Patrícia em A Católica recebe com humildade e alegria Um Selo!;
- Larissa Camargo em Só me interessa isto: como AMAR o meu próximo? e, HOJE,
- Fashion Cappuccino em Saudades do Primeiro Presidente Católico dos EUA.

Para encerrar este Post curtinho de Celebração e Agradecimento, escolhi um poema de um dos meus 14 Primeiros Amores Literários (sobre os quais falei no Post Você já teve um 1º amor? Tive vários!): o Mineiro - como eu - Carlos Drummond de Andrade. Seu título: Vamos de Mãos Dadas. Vamos?

Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros.
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considero a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.

Não serei o cantor de uma mulher, de uma história,
não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela,
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida,
não fugirei para as ilhas nem serei raptado por serafins.

O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente.

P.S. Querida(o) internauta d'A Católica: eu preciso de você! E não tenho problema nenhum em dizer isso. Ou melhor, em cantar isto, junto com Taiguara: "Eu preciso, eu preciso, eu... Preciso de você! (...) Nós precisamos, precisamos sim: você de mim e eu de você!...". Saúde e Paz!!

P.S.2 Até as 23h44 do dia de HOJE, em que completa seus 4 meses, A Católica bateu o seu recorde de visitas únicas: 77 internautas diferentes visitaram o Blog em menos de 24 horas! YES!! Muito Obrigada!!


Imagem de Fran Hogan

~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.