17 de outubro de 2010

Pelo amor de Deus: vamos nos cumprimentar Com Amor!

Ô, Meu Deus!... Seria tão bom, tão cristão, se ao menos nos encontros familiares
nos saudássemos com Afeto, Atenção ou no mínimo com Educação!...

Ontem, uma pessoa muito próxima a mim, muito querida (não, não é o meu marido), fez uma queixa pertinente. Ou melhor: que bateu nas minhas entranhas e me tirou do sério. Sim, eu confesso. Não é difícil me tirar do sério: já até contei em um Post deste Blog que um dos meus maiores pecados é a ira. Sofro de CPPMS - Capacidade de Perder a Paciência Num Milionésimo de Segundo.

Retomando: o que me tirou do sério é sério. Grave. No fundo, bem no fundo, penso que você concordará comigo. Do que essa pessoa muito querida se queixou é que fulana (não: não vou dar nome aos bois ou, no caso, às vacas) "passou por mim, pisou no meu pé e fingiu que eu nem estava ali: além de não pedir desculpas, nem me cumprimentou...".

Caro internauta: há N coisas que me irritam. Mas uma delas, e eu diria que está no **TOP FIVE** das coisas que me tiram do sério, é ALGUÉM NÃO TRATAR UMA PESSOA COMO SE ELA FOSSE SER HUMANO. O mínimo que você e eu devemos aos outros é respeito e educação.

Eu subo às raias da ira quando vejo uma sobrinha, por exemplo, não cumprimentar um tio como se deve. Não estou nem falando de carinho, mas de EDUCAÇÃO mesmo. Uma neta - outro exemplo - "passar direto" e não cumprimentar o avô ou a avó, porque "tem medo" de um dos dois agarrá-la de conversa, puxar muito assunto e não deixá-la tomar água, ir ao banheiro ou fofocar com as primas ou tias, como ela gostaria.

Não há timidez que justifique uma marmanja de 20, 25 ou quase 30 anos tratar um tio ou um avô assim.

Já não basta sermos obrigados a aguentar as crianças de hoje em dia - das quais 99,9% não nos cumprimentam -, não basta isso e temos que suportar mulheres crescidas, que já estão na faculdade - ou saindo dela -, se comportarem como meninos de 3, 4 ou 7 anos? (Frisa-se: meninos dessas idades que não têm educação.) O que é isso, minha gente?

Nós já vivemos em um mundo suficientemente frio, calculista, competitivo, mesquinho, mal-humorado e, nos encontros familiares, eventos em que nos reunimos com pessoas que amamos (ou que deveríamos amar), em vez de nos saudarmos com Alegria, Entusiasmo ou ao menos Com Educação, simplesmente fingimos que as pessoas não estão lá? (!!!) Ou seja: cumprimentamos uns, mas não cumprimentamos outros?

"Ah: aquele tio, eu beijo; já aquele, eu aceno de longe...". Ou: "Aquela sobrinha, dela eu gosto. Ela, eu beijo. Aquela, não. Aquela nem liga no meu aniversário...". Pelo amor de Deus! Que mundo é esse? Que famílias são essas?

Quero deixar aqui o meu recado. E, se a carapuça servir em você, em vez de ficar com raiva de mim, apenas pense um pouquinho, seja humilde e reconheça que, lá no fundo, bem no fundo, eu posso ter razão.

Meu Recado:

Querido(a) Parente,

Na próxima vez em que Nossa Linda Família se reunir, tenha a misericórdia de beijar os seus tios (ou sobrinhos) UM a UM. Parece bobagem, parece besteira, parece "perda de tempo", MAS além de Boa Educação, trata-se de Calor Humano - e nós TODOS precisamos disso: como eu disse linhas atrás, vivemos em uma sociedade já suficientemente fria.

Abrace e beije os seus avós (ou pais) com Carinho e Consideração.

Se um deles "puxar conversa", dedique uns minutinhos. Daqui a uns anos, vai que ele morre, e depois você vai todo(a) cínico(a) chorar na beira do caixão, não é verdade?

Quer um conselho? Aproveite as pessoas enquanto elas estão vivas. Depois, só rezando ou sonhando. E que SAUDADE eu tenho da voz do meu avô Raul!!! As horas e horas em que eu ficava com ele, sempre que o visitava, ainda foram poucas!!! Estou lhe aconselhando a dedicar minutos a seus avós (ou pais).

Pais e Mães: forcem, obriguem - até virar um hábito - o seu filho ou filha a cumprimentar os parentes UM a UM. Sempre. Em todo evento e reunião familiar. AJUDEM o seu filho ou filha a AJUDAR a transformar este mundo de meu Deus em um lugar mais fino, mais bonito, mais acolhedor.

Pronto. Fico por aqui. Êpa. Só mais um apelo. Este, mais direto:

Primos e Primas que tanto, tanto amo:
vamos nos cumprimentar UM a UM, nossos avós, cada tio, cada esposa ou companheira de tio; cada esposo ou companheiro de tia, enfim, vamos saudar a Todos, UM a UM, Com Amor, Com Consideração. Enfim, Ao Menos Com Educação.

É isso. Saúde e Paz!!


Imagem: Foto da Marinha dos Estados Unidos pelo Especialista em Comunicação de Massa M. Tucker Yates (2ª Classe) - Chefe Tripulante Naval Stan Culbertson é recebido por suas filhas durante regresso à Base Aérea Naval de Whidbey Island.

~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Um comentário:

  1. Paróquia Sant'Ana17 de outubro de 2010 16:35

    Estamos aqui para conhecer. Voltaremos. Convidamos a todos: visitem nosso site, que tb surgiu para evangelizar. Abraço fraterno!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.