15 de outubro de 2010

Hoje é dia da Teresona


Querida Santa Teresa de Jesus,
Boa Noite!

Enquanto lhe dirijo esta oração, minha cabeça dói. Mas, estou contente, porque para mim rezar contigo é uma alegria, uma benção.

Como Eu Te Amo! Ler a história da sua vida foi uma revolução para mim. Queria poder transformar a minha própria vida na linda oração em que tornou a sua. Uma oração de amor ao Reino dos Céus e a Jesus.

Peço a sua intercessão para conseguir tornar cada dia em que eu viver um fruto proveitoso para as pessoas e que contente a Nosso Senhor.

Quero amar a minha condição, a minha situação, abraçar o que sou, os compromissos que assumi, como você, santa querida, fez, ao descobrir que só lhe restava rezar para aceitar a sua condição de religiosa, de carmelita.

Admiro em sua história a sua disposição em servir, em construir os mosteiros, em fazer a reforma da Ordem dos Carmelitas, enfrentando tudo e todos, escrevendo e indo atrás de quem deveria ir. Você simplesmente agiu. Com resiliência. Firme, cheia de fé.

Depois de Nossa Senhora, para mim, você é a mulher mais maravilhosa que já existiu.

Sabe, Santa Teresa de Jesus, às vezes, fico tímida em rezar com você, porque você é tão séria, tão imensa para mim... Tenho medo de que me ache uma "boba". Então, muitas vezes, em vez de rezar contigo, eu corro até Santo Antônio de Pádua e Santo Expedito - com quem me sinto mais à vontade.

Rezo hoje, porque não posso me silenciar quando a Igreja celebra o seu dia. Então, eu espero que esta prece chegue a suas mãos, fresca como a água da fonte. Fresca e singela.

Obrigada por haver existido, por ter sido forte e doce e tão amante de Cristo como foi. Obrigada por ser uma inspiração a todos os que se tornaram carmelitas depois de você. E mesmo para aqueles que, como eu, abraçaram o matrimônio, mas se esforçam para tornar o Lar sereno, encantado e produtivo como um mosteiro!...

Santa Teresa de Jesus, Santa Teresa de Ávila, Teresona, Rogai por Nós!


Imagem: Santa Teresa de Ávila - Capela do Santíssimo da Catedral de Caxias do Sul, Brasil. Obra atribuída a Pietro Stangherlin. Fotografia de Ricardo André Frantz

~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.