8 de setembro de 2010

Vamos recitar o Rosário com Fé, Amor e... Arte


Hey, internauta!

Selecionei para nós, a fim de rezarmos ainda mais inspirados pela Internet, imagens para compor cada Mistério do Rosário.

(Nota: Os Mistérios com as respectivas imagens estão no final deste Post.)

Para aqueles que ainda não sabem, o Rosário é "uma coroa de rosas que entregamos a nossa Mãe": "Porque amamos nossa Mãe, a Mãe de Cristo, a Mãe da Igreja, nós gostamos de lhe oferecer rosas, gostamos de elogiar: Ave, Maria, cheia de graça..." (Rezemos o Terço, Editora Santuário, 2007).

O Rosário também é definido como "um caminho simples que nos leva docemente, por meio de Maria, à pura contemplação dos quatro rostos de Jesus: da alegria, da dor, da luz e da glória" (Os quatro novos mistérios do Rosário, Edições Loyola, 2006). "O papa [João Paulo II] diz claramente: 'Com efeito, recitar o Rosário nada mais é que contemplar com Maria o rosto de Cristo'" (ibidem).

Em Catolicismo para Leigos (Alta Books, 2008), os Reverendos John Trigilio Jr. e Kenneth Brighenti pontuam da mesma forma: "Assim como o Papa Paulo VI [pontífice de 1963 a 1978] fez, o Papa João Paulo II [que liderou a Igreja de 1978 a 2005] lembrou aos fiéis que o Rosário é cristocêntrico - tem o foco em Cristo e é mais que uma devoção Mariana (de Maria)".

Frei Patrício Sciadini OCD (Ordem Carmelita Descalça) nos lembra: "A oração do Rosário, com sua aparente monotonia, é um doce caminho para a contemplação, e somente é compreendida por aqueles que sentem, como os discípulos de Emaús [Lc 24, 13-35; Mc 16, 12-13], 'arder o coração' de amor".

E o Terço? No que consiste? Padre José Geraldo Rodrigues C.Ss.R. (Congregação dos Redentoristas) explica:

O Rosário, com o acréscimo feito pelo Papa João Paulo II [em 2002, ele enriqueceu a oração Mariana com a inserção dos Mistérios Luminosos], divide-se em quatro partes: Mistérios Gozosos, Luminosos, Dolorosos e Gloriosos. O Terço era a terça parte do Rosário. Agora, com a inclusão dos Mistérios da Luz, cada conjunto deveria ser chamado de "Quarto", mas como o povo está tão acostumado a dizer Terço, parece que vai continuar assim.

O religioso continua: "O Terço é um conjunto de orações, Ave, Marias e Pais Nossos (...). São rosas que oferecemos à Mãe de Deus. São 50 Ave, Marias rezadas em [cinco] grupos de 10, que se chamam Mistérios. No começo de cada Mistério, reza-se um Pai Nosso e, no fim, um Glória ao Pai".

Frei Patrício Sciadini assegura: "O essencial para a reza do Rosário ou do Terço (isto é, a terça parte do Rosário) é a recitação das dezenas de Ave, Marias, mais os correspondentes Pais Nossos e Glórias, com a meditação dos Mistérios da vida de Nosso Senhor Jesus Cristo e de Maria Santíssima".

Contudo, observa: "Na prática corrente do Rosário, depois da doxologia [louvor ou prece à Glória de Deus] trinitária diz-se uma jaculatória [oração curta e fervorosa], que varia segundo os costumes". Eis a que selecionamos:

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.

Fotografia: pt.dreamstime.com

Pormenorizando a recitação do Terço:

1) Na cruz, reza-se o Credo ou Símbolo dos Apóstolos
2) Em seguida, reza-se um Pai Nosso
3) Depois, recitamos 3 Ave, Marias
4) Proclama-se o Glória ao Pai
5) Anuncia-se e medita-se o Mistério
6) Reza-se outro Pai Nosso
7) Então, rezamos 10 Ave, Marias
8) Ao fim de cada dezena do Terço, proclama-se o Glória ao Pai
9) Após o Glória ao Pai, dizemos a jaculatória (sugerida linhas acima)
10) Depois das 5 dezenas do Terço (ou seja: 10 Pai Nosso + 50 Ave, Marias + 10 Glória ao Pai), rezamos a Salve, Rainha.

No livro Santos: Vida e Fé (Vozes, 2008), Dom José Carlos Vaz, SJ (sigla em latim de Companhia de Jesus) conta que o Beato Charles de Foucauld (1858-1916) "tinha especial apego à oração do Rosário, associando a cada mistério meditado uma virtude". Eis como o padre francês fazia:

Mistérios Gozosos - rezado às segundas-feiras e aos sábados
Mistério) Anunciação: a castidade
Mistério) Visita a Isabel: o amor ao próximo
Mistério) Natal: a pobreza
Mistério) Apresentação de Jesus no Templo: a humildade
Mistério) Cena com os doutores no Templo: a verdade

Mistérios Dolorosos - rezado às terças e sextas-feiras
1º) Agonia no horto: a oração
2º) Flagelação: o sacrifício
3º) Coroação de espinhos: a abjeção (abatimento, supressão) de si mesmo
4º) Subida no Calvário: a coragem
5º) Crucificação: a obediência a Deus

Mistérios Gloriosos - rezado às quartas-feiras e aos domingos
1º) Ressurreição de Jesus Cristo: o querer o bem de Deus
2º) Ascensão de Nosso Senhor: o amor ao retiro
3º) Vinda do Espírito Santo: o amor a Deus
4º) Assunção da Virgem Maria: a imitação de Deus
5º) Coroação de Nossa Senhora no Céu: a esperança

Porque no tempo em que Charles de Foulcauld viveu ainda não havia os Mistérios Luminosos, A Católica tomou a liberdade de associar a eles as seguintes virtudes:

Mistérios Luminosos - rezado às quintas-feiras
1º) O batismo de Jesus Cristo: a prontidão
2º) O 1º milagre nas Bodas de Caná: a operosidade (qualidade de quem é ativo)
3º) O anúncio do Reino de Deus: a audácia
4º) A transfiguração de Nosso Senhor: a Glória de Deus
5º) A instituição da Eucaristia: a presença de Deus

Vamos rezar?

Sinal da Cruz:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Credo ou Símbolo dos Apóstolos

Creio em Deus Pai Todo-Poderoso,
Criador do Céu e da Terra;
E em Jesus Cristo, Seu único Filho, Nosso Senhor,
Que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;
Nasceu da Virgem Maria,
Padeceu sob Pôncio Pilatos,
Foi crucificado, morto e sepultado,
Desceu à mansão dos mortos;
Ressuscitou ao terceiro dia;
Subiu aos Céus,
Está sentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso,
D'onde há de vir a julgar os vivos e os mortos.

Creio no Espírito Santo;
Na santa Igreja Católica;
Na comunhão dos Santos;
Na remissão dos pecados;
Na ressurreição da carne;
Na vida eterna. Amém.

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (3 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.


MISTÉRIOS GOZOSOS


No 1º Mistério, contemplamos a Anunciação.

O anjo Gabriel diz à Nossa Senhora
que Deus a escolheu como mãe de Seu Filho:
"Eis aqui a serva do Senhor.
Faça-se em mim segundo a tua palavra." (Lc 1, 38)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 2º Mistério, Nossa Senhora visita a prima Isabel, que também está grávida, de João Batista.

"Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o Fruto do teu ventre.
Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?" (Lc 1, 42)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 3º Mistério, Jesus nasceu!

"E deu à luz seu Filho primogênito, e, envolvendo-O em faixas,
reclinou-O num presépio;
porque não havia lugar para eles na hospedaria." (Lc 2, 7)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 4º Mistério, o justo e piedoso Simeão reconhece Jesus como o Messias,

durante a apresentação do bebê no Templo.
"Agora, Senhor, deixai o Vosso servo ir em paz, segundo a Vossa palavra.
Porque os meus olhos viram a Vossa salvação
que preparastes diante de todos os povos, como luz para iluminar as nações,
e para a glória de Vosso povo de Israel." (Lc 2, 29-32)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 5º Mistério, Maria e José "perdem" Jesus e O reencontram no Templo,

ensinando aos Doutores da Lei.
"Respondeu-lhes Ele: 'Por que Me procuráveis?
Não sabíeis que devo ocupar-Me das coisas de Meu Pai?'." (Lc 2, 49)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.

Ao final do Terço, rezamos:

Salve, Rainha

Salve, Rainha, mãe de misericórdia
Vida, Doçura e Esperança nossa, salve!

A vós bradamos, os degredados filhos de eva.
A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa,
Esses vossos olhos misericordiosos a nós, volvei!

E, depois deste desterro, mostrai-nos Jesus,
O Bendito Fruto do vosso ventre.
Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós, santa mãe de Deus:
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo!


MISTÉRIOS DOLOROSOS


No 1º Mistério, com medo, tristeza e inquieto, Jesus reza no Monte das Oliveiras.

"Ele entrou em agonia e orava ainda com mais instância,
e Seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra." (Lc 22, 44)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 2º Mistério, Pôncio Pilatos, governador da Judeia, ordena a flagelação de Jesus Cristo.

"Libertou então Barrabás, mandou açoitar Jesus
e Lho entregou para ser crucificado." (Mt 27, 26)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 3º Mistério, Jesus recebe uma coroa de espinhos e os soldados romanos zombam Dele.
"[Os soldados do governador] arrancaram-Lhe as vestes
e colocaram-Lhe um manto escarlate.
Depois, trançaram uma coroa de espinhos, meteram-lha na cabeça
e puseram-Lhe na mão uma vara.
Dobrando os joelhos diante Dele, diziam com escárnio:
'Salve, rei dos judeus!'.
Cuspiam-Lhe no rosto e, tomando da vara, davam-Lhe golpes na cabeça."
(Mt 27, 28-30)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 4º Mistério, Jesus percorre o caminho até a Sua crucificação. É a Via-Sacra.

"Levaram então consigo Jesus. Ele próprio carregava a Sua cruz
para fora da cidade, em direção ao lugar chamado Calvário,
em hebraico Gólgota." (Jo 19, 17)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 5º Mistério, Jesus Cristo, o Filho de Deus, é pregado na cruz, entre dois ladrões.

"Era quase à hora sexta e em toda a terra houve trevas até a hora nona.
Escureceu-se o sol e o véu do templo rasgou-se pelo meio.
Jesus deu então um grande brado e disse:
'Pai, nas Tuas mãos entrego o Meu espírito'.
E, dizendo isso, expirou." (Lc 23, 44-46)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.

Ao final do Terço, rezamos:

Salve, Rainha

Salve, Rainha, mãe de misericórdia
Vida, Doçura e Esperança nossa, salve!

A vós bradamos, os degredados filhos de eva.
A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa,
Esses vossos olhos misericordiosos a nós, volvei!

E, depois deste desterro, mostrai-nos Jesus,
O Bendito Fruto do vosso ventre.
Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós, santa mãe de Deus:
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo!


MISTÉRIOS GLORIOSOS


No 1º Mistério, Jesus vive em nós até o Fim dos Tempos!
"... Disseram-lhes eles: 'Por que buscais entre os mortos Aquele que está vivo?
Não está aqui, mas ressuscitou.
Lembrai-vos de como Ele vos disse, quando ainda estava na Galileia:
'O Filho do homem deve ser entregue nas mãos dos pecadores e crucificado,
mas ressuscitará ao terceiro dia'." (Lc 24, 5-7)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 2º Mistério, a Ascensão (elevação de Jesus Cristo ao Céu)
"Depois os levou para Betânia e, levantando as mãos, os abençoou.
Enquanto os abençoava, separou-Se deles e foi arrebatado ao céu."
(Lc 24, 50-51)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 3º Mistério, os apóstolos, Nossa Senhora e cerca de 120 pessoas são revestidos

da força do alto (Lc 24, 49) ou o Espírito Santo.
"Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.
De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso,
e encheu toda a casa onde estavam sentados.
Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo,
que se repartiram e repousaram sobre cada um deles.
Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas,
conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem." (At 2, 1-4)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 4º Mistério, a assunção (elevação da Virgem ao Céu)

"Toda formosa, entra a filha do rei,
com vestes bordadas de ouro.
Em roupas multicores apresenta-se ao rei..." (Sl 44, 14-15)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


5º Mistério, Nossa Senhora é coroada nos Céus. Torna-se Rainha.

"Apareceu em seguida um grande sinal no céu:
uma Mulher revestida do sol, a lua debaixo dos seus pés
e na cabeça uma coroa da 12 estrelas." (Ap 12, 1)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.

Ao final do Terço, rezamos:

Salve, Rainha

Salve, Rainha, mãe de misericórdia
Vida, Doçura e Esperança nossa, salve!

A vós bradamos, os degredados filhos de eva.
A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa,
Esses vossos olhos misericordiosos a nós, volvei!

E, depois deste desterro, mostrai-nos Jesus,
O Bendito Fruto do vosso ventre.
Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós, santa mãe de Deus:
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo!


MISTÉRIOS LUMINOSOS


No 1º Mistério, João Batista batiza Jesus Cristo no rio Jordão.

"Ora, naqueles dias veio Jesus de Nazaré, da Galileia,
e foi batizado por João no Jordão.
No momento em que Jesus saía da água, João viu os céus abertos
e descer o Espírito em forma de pomba sobre Ele.
E ouviu-se dos céus uma voz:
'Tu és o Meu Filho muito amado; em Ti ponho a Minha afeição'." (Mc 1, 9-11)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 2º Mistério, o primeiro milagre de Nosso Senhor ocorreu em um casamento.

"Disse, então, Sua mãe aos serventes: 'Fazei o que Ele vos disser'.
Ora, achavam-se ali seis talhas de pedra para as purificações dos judeus,
que continham cada qual duas ou três medidas.
Jesus ordena-lhes: 'Enchei as talhas de água'. Eles encheram-nas até em cima.
'Tirai agora, disse-lhes Jesus, e levai ao chefe dos serventes'. E levaram.
Logo que o chefe dos serventes provou da água tornada vinho,
não sabendo de onde era (se bem que o soubessem os serventes,
pois tinham tirado a água), chamou o noivo." (Jo 2, 5-9)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 3º Mistério, Jesus Cristo anuncia o Reino de Deus.

"Jesus dizia ainda: 'A que é semelhante o Reino de Deus, e a que o compararei?
É semelhante ao grão de mostarda que um homem tomou
e semeou na sua horta, e que cresceu até se fazer
uma grande planta e as aves do céu vieram fazer ninhos nos seus ramos'.
Disse ainda: 'A que direi que é semelhante o Reino de Deus?
É semelhante ao fermento que uma mulher tomou e misturou
em três medidas de farinha e toda a massa ficou levedada'." (Lc 13, 18-21)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 4º Mistério, na Transfiguração, Jesus manifesta a Sua Glória de Filho de Deus.

"... Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João,
e conduziu-os a sós a um alto monte.
E transfigurou-Se diante deles. Suas vestes tornaram-se resplandecentes
e de uma brancura tal, que nenhum lavadeiro sobre a terra
as pode fazer assim tão brancas.
Apareceram-Lhe Elias e Moisés, e falavam com Jesus." (Lc 9, 2-4)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.


No 5º Mistério, Nosso Senhor institui a Eucaristia.

"Pegando o cálice, deu graças e disse: 'Tomai este cálice e distribui-o entre vós.
Pois vos digo: já não tornarei a beber do fruto da videira,
até que venha o Reino de Deus'.
Tomou em seguida o pão e depois de ter dado graças, partiu-o e deu-lho,
dizendo: 'Isto é o Meu corpo, que é dado por vós;
fazei isto em memória de Mim'. Do mesmo modo tomou também o cálice,
depois de cear, dizendo: 'Este cálice é a Nova Aliança em Meu sangue,
que é derramado por vós...'." (Lc 22, 17-20)

Pai Nosso

Pai Nosso, que estais nos Céus
Santificado seja o Vosso nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave, Maria (10 vezes)

Ave, Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
E bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus
Rogai por nós, pecadores
Agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó, meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, socorrei principalmente as que mais precisarem.

Ao final do Terço, rezamos:

Salve, Rainha

Salve, Rainha, mãe de misericórdia
Vida, Doçura e Esperança nossa, salve!

A vós bradamos, os degredados filhos de eva.
A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa,
Esses vossos olhos misericordiosos a nós, volvei!

E, depois deste desterro, mostrai-nos Jesus,
O Bendito Fruto do vosso ventre.
Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós, santa mãe de Deus:
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo!



Créditos das imagens:

- Foto do buquê de rosas no início do Post, por Petr Kratochvil (Click The Image)

- Quadro Anunciação do anjo The Annunciation, Carl Heinrich Bloch (1834-1890)
- Quadro A Visitação Heimsuchung, Detail: Umarmung Maria und Hl. Elisabeth, im Hintergrund Anna (1528-29), Jacopo Pontormo
- Quadro Natividade de Cristo Nativity (second half of 18th century), Jean-Baptiste Marie Pierre
- Quadro Apresentação no Templo Presentación de Cristo en el templo (circa 1648), Philippe de Champaigne
- Quadro Jesus entre os doutores Jesus among the Doctors (as a child debating in the temple) - 1506 - Albrecht Dürer

- Quadro Jesus no Jardim das Oliveiras Gebet am Ölberg (1425), Master of the Nuremberg Altarpiece of the Virgin
- Quadro Flagelação de Cristo The Flagellation of Our Lord Jesus Christ (1880), William-Adolphe Bouguereau
- Quadro Coroação de Espinhos Christ with the crown of thorns (1623), Dirck van Baburen
- Quadro Cristo carregando a Cruz Christ Carrying the Cross, Sebastiano del Piombo (1485-1547)
- Quadro Jesus Crucificado Cristo de San Plácido, Diego Velázquez (1599-1660)

- Quadro Ressurreição Himmelfahrt Christi (1622), Johann König
- Quadro Ascensão de Jesus Ascension of Christ (Between 1510-20), Benvenuto Tisi da Garofalo
- Quadro Pentecostes Pfingstwunder - Ende 15. Jh. - Master of the Salem Heiligenaltar
- Quadro Assunção de Nossa Senhora The Assumption of the Virgin (1612-17), Peter Paul Rubens
- Quadro A Coroação da Virgem (cerca de 1645), por Diego Velázquez

- Quadro Batismo de Jesus de 1567, por Juan Fernández de Navarrete, El Mudo
- Quadro Bodas de Caná Hochzeit zu Kana - Século XVII - Hieronymus Francken III
- Quadro Jesus fala do Reino de Deus Sermon on the Mount (1889) by I.Makarov
- Quadro Transfiguração de Cristo Landschaft mit Verklärung Christi (por 1788), Francesco Zuccarelli
- Quadro A última Ceia Das Abendmahl - 3rd quarter of 16th century - Joan de Joanes


~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.