30 de agosto de 2010

Feliz aniversário... Atrasado! Ops.

Fernanda Luiza teve a Felicidade de nascer
no dia de Nossa Senhora Rainha
Já viu isso? Usar um Blog para desejar Feliz Aniversário e ainda por cima... Atrasado! Pois vou me atrever a tanto. É que eu tenho uma prima muito, muito especial... E sabe o que é mais engraçado? Eu a amo gratuitamente.

Aliás, você sabe o que essa expressão realmente significa? Acompanhe as linhas a seguir.

Uma vez, meu querido Vovô João (Que Deus o tenha) e eu argumentamos que toda amizade é "interesseira". Calma. Vou explicar: nós dois chegamos à conclusão de que a grande maioria de nós só procura os outros quando (e porque) precisa deles. Ou você não tem aquele "amigo" ou parente que só lhe telefona pra anunciar algum infortúnio alheio ou... Para lhe pedir um favor? Aha. Pois então.

Nós dois, meu avô e eu, concluímos que só vamos à cata e demonstramos a nossa "afeição" àqueles que têm alguma coisa a nos dar em troca. Se o outro não tem nada a me oferecer, então... Eu não o procuro. Simples.

Engraçado. Cristo nos pediu para "amar os nossos inimigos" (Mt 5, 44; Lc 6, 27.35). Pois digo: podemos também fazer algo bem mais fácil do que isso, que é amar, simplesmente amar, gratuitamente as pessoas. Sem esperar nem muito menos "cobrar" algo em troca.

Minha prima, a que me referi linhas acima como especial, nunca me deu nada. Ei: não digo isso para denegri-la nem em tom de reclamação. Não. Quero apenas pontuar que o que eu sinto por ela é um exemplo perfeito de como nós podemos e devemos amar as pessoas gratuitamente.

Gosto muito de ir ao dicionário, mesmo para ver significados de palavras que já conheço. Isso me ajuda a distinguir as ideias. E gratuito significa: "feito, dado de graça; desinteressado; espontâneo".

Assim, o Post desta segunda-feira ensolarada (ao menos aqui em Belo Horizonte!) quer apenas - e antes que o mês de agosto acabe - desejar Feliz Aniversário a minha amada prima Fernanda Luiza. Que nunca me deu nada, nunca me telefonou em meu aniversário, mas que me faz sorrir sempre que a vejo, desperta em mim um grande amor e me faz agradecer a Deus por ela existir!...

Nãnã: não mude em nada. Não faça o que não quiser fazer. O mundo já tem gente fazendo o que não quer e, sobretudo, o que não deve em quantidade mais do que suficiente. Be yourself.

Sabia que você nasceu no dia de Nossa Senhora Rainha?... No livro Os Cinco Minutos dos Santos (Editora Ave-Maria, 2006), está escrito:

Neste dia [22 de agosto], Nossa Senhora é louvada e exaltada por toda a Igreja Católica como Rainha do Céu e da Terra. Sua realeza a coloca acima de todas as criaturas da Terra, dos anjos e santos do Céu.

No livro Um Santo para Cada Dia (Paulus, 1996), está elucidada a gratuidade do amor de Maria:

Todos os cristãos veem e veneram nela a superabundante generosidade do amor divino, que a cumulou de todos os bens. Mas ela distribui real e maternalmente tudo o que recebeu do Rei, protege com o seu poder os filhos adquiridos em virtude da sua co-redenção, e os alegra com os seus dons, pois o rei determinou que toda graça passe por suas mãos de rainha.

Por isso a Igreja convida os fiéis a invocá-la não só com o doce nome de mãe, mas também com aquele reverente de rainha, como no Céu a saúdam com felicidade e amor os anjos, os patriarcas, os profetas, os apóstolos, os mártires, os confessores, as virgens.

Da esquerda para a direita, de cima para baixo: Andréa Cristina,
Ana Paula, Maria Fernanda, Fernanda Luiza e Larissa Cristina:
êta nóis! Só nome composto! Foto tirada na Igreja Sagrado Coração
de Jesus, em BH, no dia do batizado de Luca, filho da aniversariante

Recentemente, aconselhei-o, caro internauta, a elogiar. No Post de hoje, faço-lhe um novo convite: vamos fazer diferente! Vamos nos distinguir da grande maioria das pessoas que optam pela porta larga (Mt 7, 13-14): vamos amar livremente, vamos amar desinteressadamente! Fernanda Luiza: já lhe disse isso antes, mas vou deixar registrado Blogosfera afora aqui. Eu amo você!...

Para encerrar este Post extraespecial, uma oração a Nossa Senhora Rainha, do Hino da Liturgia das Horas (Orações Particulares, Editora São Cristóvão, 1999):

No alto cume dos seres, Rainha e Virgem estás.
Com tal beleza adornada, imperas sobre as demais.
Na criação resplandeces como obra-prima criada,
para gerares o Filho que te criou, destinada.

Rei purpurado no sangue, no lenho morre Jesus;
com ele a cruz partilhando és Mãe dos vivos, na luz.
De tanta graça repleta, vela por nós, pecadores;
escuta a voz dos teus filhos, que hoje cantam louvores.

Louvor ao Pai e ao Paráclito e glória ao Filho também,
que te vestiram de graça no Reino eterno. Amém.


Imagens: Internet; Arquivo de Família

~Ana Paula~A Católica

Um comentário: