28 de agosto de 2010

Eu Me Rendo a Ti, Senhor!...

Simão (mais tarde) Pedro rende-se ao
chamado do Filho de Deus na Galileia
Engraçado. Quando a maravilhosa cantora Eliana Ribeiro lançou o CD ao vivo Barco a Vela no início deste ano (se não me engano), a grande maioria das pessoas, ao ser questionada na TV Canção Nova sobre a música de que mais gostou, apontava Força e Vitória (faixa 6) e, depois, a que dá título ao CD: Barco a Vela (faixa 2).

Eu ouvia as opiniões e me perguntava: "Será que ninguém se tocou da maravilha que é a faixa 11?? Pelo amor de 'meus filhinhos'! É a música mais linda do CD!!!".

Fiquei na minha. "Cada um é cada um": ninguém precisa pensar como todo mundo.

Não sei se você é assim também: quando eu gosto de um CD, eu o ouço à exaustão e acabo decorando até as pausas respiratórias dos artistas entre um agudo (ou grave) e outro!... E quando tem aquela música que me toca fundo, aí, piorou: eu ouço 2, 3, 4, 5 vezes seguidas!... Ui.

Ops!

Acho que você não tem obrigação nenhuma de saber quem é a Eliane Ribeiro, né? Êpa: é Eliana, com a no final.

A moça, que tem a idade da minha irmã Andréa Cristina, é de Vitória, no estado do Espírito Santo (BRASIL), e apesar de frequentar a Igreja Católica, só se converteu mesmo depois de, por insistência da mãe, participar de um encontro ministrado por quem? Por quem? Claro: Padre Léo, meu diretor espiritual!

Arrebatada, decidiu entregar-se totalmente à Igreja, entrando para a comunidade Canção Nova, que se dedica à evangelização pelos meios de comunicação e que, em 2008, recebeu o reconhecimento pontifício como Associação Privada Internacional de Fiéis. Selo do Vaticano para o sonho de seu fundador, Monsenhor Jonas Abib!

Apresentação feita: Eliana (com a!) integra o Ministério de Música Canção Nova e viaja pelo Brasil e o exterior, especialmente Portugal, dando palestras e entoando a Boa música católica com aquela que considero uma das Mais Belas Vozes do Brasil (do nível de Marisa Monte e Simone)!

Quando disse que ela decidiu "entregar-se totalmente à Igreja", significa que, independentemente de o CD e o DVD Barco a Vela, que ela lançou, venderem zilhões de cópias, nada (isto mesmo: nada) vai para o bolso de Eliana.

Ela recebe uma ajuda mensal para viver com o marido, o músico e compositor Fábio Roniel, e o filho, Daniel, e todo o lucro das vendas de sua obra vai para os fundos da Canção Nova. Afinal, este é o sentido de comunidade: tudo para todos. Os dons de cada um a serviço do bem de todos.

Voltando à faixa 11 de Barco a Vela. Sabe por que ela é a minha favorita de todo o CD? Porque simplesmente o refrão remete aos meus três versículos mais estimados de todo o Novo Testamento:

"Então Jesus perguntou aos Doze: 'Quereis vós também retirar-vos?' Respondeu-lhe Simão Pedro: 'Senhor, a quem iríamos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós cremos e sabemos que tu és o Santo de Deus!'" (Jo 6, 67-69).

Caro internauta: eu não consigo ler esses três versículos sem marejar os meus olhos.

Padre Léo dizia que "Pedrão" não tinha jeito: ou ele falava as coisas mais lindas e era nota 10 ou as mais estapafúrdias e ia a zero. São Pedro, segundo o sacerdote, não conhecia meio termo! O próprio Jesus chegou a xingá-lo de "Satanás!" (Mt 16, 23; Mc 8, 33), devido a um dos disparates que ele havia proferido.

(Ainda) não sou teóloga, mas a afirmação de São Pedro, para mim, resume tudo o que precisamos saber para seguir Jesus Cristo: Senhor, a quem iríamos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E completa com a maior das verdades: Nós cremos e sabemos que tu és o Santo de Deus! Uau.

Não sei se você notou, caro internauta, mas até agora eu não mencionei o título da faixa 11, a minha preferida do mais recente CD da Eliana Ribeiro. Dê uma olhadela no título deste Post. Está lá: Eu Me Rendo a Ti. Ti é Nosso Senhor Jesus Cristo.

E apesar de eu ouvir e ouvir e ouvir a canção e de cantá-la, cantá-la, cantá-la, fico envergonhada...

... Porque me dou conta de que quero me render, quero muito, mas não me rendi ainda. Reconheço que há mágoa em meu coração. Algumas pessoas me machucaram e é difícil para mim relevar isso. Eu canto "Eu me rendo a Ti, Senhor", mas não me rendo coisa nenhuma: teimo em me manter estancada na mágoa. (O que me consola é haver ouvido do Padre Léo que "Ser cristão é difícil".)

Então, sigo cantando... Dizem que Cantar é Rezar Duas Vezes. Quem sabe se, de tanto cantar as canções da Eliana Ribeiro, especialmente a faixa 11 de Barco a Vela, eu não acabo me rendendo, vencendo a minha resistência e, finalmente, dobrando-me aos desígnios do Senhor? Se puder, reze por mim! Paz e Bem!

P.S. A canção Eu Me Rendo a Ti é de autoria do marido da Eliana, Fábio Roniel, e do exímio guitarrista Rinaldo Xabú.


Imagem: Domínio Público

~Ana Paula~A Católica
Importante:

Todos os Poemas escritos e publicados no Blog acatolica.com
são sistematicamente registrados
junto ao Escritório de Direitos Autorais (EDA)
da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro (BRASIL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada por participar.