15 de outubro de 2017

A dúvida

Tela: The Combat of Love and Chastity - probably 1475-1500 -
Gherardo di Giovanni del Fora

Tateei com todo o desvelo
um coração, a mim, alheio
e, por fim, me pus lá dentro
por um acesso tão pequeno
que não nota, o olhar atento.

Era bem fino - nada espesso -
e tão fugidio, aquele extremo
que, de inquirir, me dá ensejo:
se onde estou, eu reconheço,
será que o transpus mesmo?


9 de outubro de 2017

Impávida

Tela: Mond über dem Wasser, Fritz Grebe (1850-1924)

Para P. L.

Quantos se põem em risco
de se render como a lua
que dá de ombros se, no rio,
noutra coisa se desfigura?


7 de outubro de 2017

Vicissitudes

Tela: I juni måned - In the Month of June (1899),
Laurits Andersen Ring

A montanha é reconhecível
só porque ainda habita
o mesmo lugar.

Um sopro e tudo é suscetível
- dente-de-leão; uma vida -
a se desalinhar.


5 de outubro de 2017

No ar

Tela: Kites (1913), Bertha Boynton Lum

Promessas são belas pipas
e uma vez oferecidas
elas pairam bem acima.
A alguns, todas animam,
mas são logo recolhidas.
De outros, não se saberia
dizer se as empinam
ou se são elas quem os guia
às vezes, por toda a vida.


2 de outubro de 2017

Consolo

Tela: Summer Night (1886), Eilif Peterssen

Para P. L.

Incapaz de sentir o seu peso,
a lua não passa de uma visão.
Contudo o lago não tem pejo:
ao menos isso, retém em mão.


29 de setembro de 2017

A estrutura

Imagem: Monkey catching reflection of the Moon
(1926), Ohara Koson

Ser de éter é, da quimera,
a grandeza e a perdição.
Se ganha as altas esferas
e fica longe de um senão;
desfaz-se logo que, nela,
os fatos dão um cutucão.


25 de setembro de 2017

Tentação

Tela: Die Versuchung (before 1945), Hans Zatzka

A porta entreaberta
não é descuido,
mas convite a entrar.

Aceito, sem cautela,
por resolutos
e as correntes de ar.


22 de setembro de 2017

A resistência

Tela: Les saintes femmes au tombeau - The Three Marys at the Tomb
(1876), William-Adolphe Bouguereau

Quem sai de cena na certa
deixa um vazio perpétuo
que contudo não exaspera.

Cultiva no peito, a terra
não obstante o inverno
disposição pra primavera.


21 de setembro de 2017

Silêncio

Tela: Married (1896), Walter Dendy Sadler

Dos muros já erguidos,
faz-se o mais eficiente:
é tênue, sem granito,
e isola 2 solenemente.


20 de setembro de 2017

Recados

Tela: Die schwimmende Arche Noahs
- between 1350 and 1375 - Anonymous (Meister 1)

Assegura-se, num bom arrimo,
a eloquência da mensagem:
um ramo no bico, estiagem
um coro de anjinhos, natividade
mas em poucas coisas me fio
como no silêncio da contraparte.


19 de setembro de 2017

Frívola

Tela: Mädchen am Strand (1820), Max Nonnenbruch

Distendi meus tentáculos,
e não consegui tocá-la:
tua alma sem porquê claro
de ponta a ponta, vaga.


18 de setembro de 2017

Danos

Tela: Old History (1892), Alexander Jakesch

Desengano é a ruína
- assim que sucedida -
de uma afeição decidida.

Descaso é uma avaria
só aos poucos percebida
pela alma, de amor, perdida.