17 de outubro de 2018

A Visitinha

Tela: Wiosna w Gościeradzu (Spring in w:Gościeradz)
- 1933 - Leon Wyczółkowski

Para P. L.

Foi tanta a hospitalidade
- até Copas, fazendo sala -
e ela não esquentou o lugar.

Qual teria sido a gafe
pra Vista, de mãos atadas,
ver a Primavera escapar?


15 de outubro de 2018

O itinerário

Tela: Frau mit dem Floh, Detail: Kerze (1625-50), Georges de La Tour

Voa em redor, a mariposa-macho
de um ânimo fremente e obcecado,
que ascende um rumo equivocado.

É certo que não leu um breviário
aquele que, no céu, quer um pedaço -
pois quem arde fica mais abaixo.


Chegadas e Partidas

Tela: Sonnenuntergang bei Königsberg, Hugo Knorr (1834-1904)

Quando enfim aportam os fatos,
quem é lento em recepcioná-los
acaba agindo sem nenhum tato
com os novos donos do pedaço.

Feito o sol, ao dar o seu horário,
e em vez de ir como o esperado
finge não ver o apelo do ocaso
e, no cais, se delonga no abraço.


13 de outubro de 2018

Sirène

Tela: The Black Sea at night (1879), Ivan Aivazovsky

Sob a superfície revoluta
que ante as vistas espuma
há uma calma profunda.

Do alto, há quem a intua
e se arrisca: mergulha
no meio da noite escura.

Pois sabe que está segura
em mãos firmes e fluidas,
onde se embala e flutua...


12 de outubro de 2018

Status

Tela: Tod und Leben (Death and Life) - 1910-15 - Gustav Klimt

É nascer e te põem a prumo,
pois meta boa é vertical.
A vida toda sem medir custos,
galgando a escala social.
Um trajeto bastante absurdo
pra quem já sabe o final:
rente ao chão, mudo e duro -
feito qualquer animal!


10 de outubro de 2018

Frívola

Tela: Overschie bij maneschijn (Overschie in the Moonlight)
- 1871 - Johan Barthold Jongkind

Todo o interesse da lua pelo lago
- ela, inconstante e ele, plácido -
a quem assiste não é justificado.

Mas há eras os mantém atados:
afeiçoa-se ao amigo lá do espaço,
mesmo sem ter nele aprofundado.


Zéfiro

Tela: West Wind (1891), Winslow Homer

Sem ter no alto sua parte
nem alguma cá embaixo
inquieta-se nos lugares,
indo e vindo sem um azo.

Parece nômade inveterado
mas porque atiça árvores
e deixa tudo revirado,
é criança cheia de vontade.


8 de outubro de 2018

No match

Tela: Ţiganca (Cigana) - 1919 - Aurel Băeşu

Aquela coisa desejada
que nunca fica à mão
é qual a cigana nata:
ora às vistas; ora não.

Se por acaso se instala
pra nossa estupefação
e é uma aliança larga,
que alívio, se cai no chão!


7 de outubro de 2018

O ardil

Tela: Atardecer en el mar [La ola roja] (Late Afternoon by the Sea [The Red Wave])
- circa 1910 - Joaquín Clausell

A tardinha esmera na roupa
e põe-se assim enfeitada
em uma fuga tão lenta,

que pra quem assiste ela soa
como alguém empenhada
em que o luar a detenha.


3 de outubro de 2018

Mulher de fases

Tela: Abendstimmung am Schlachtensee (1895), Walter Leistikow

É tocante tanto empenho do lago
em detê-la, pra não ir na alvorada.
Mas a inconstância dela é um fato:
já que a leva, na face, estampada.


1 de outubro de 2018

Longitude

Foto de Forest and Kim Starr

Porque o sol, pra ela, tarda
a cruzar os meridianos
a flor, a noite inteira, passa
sempre se perguntando
por que seriam "imaginárias"
linhas que o enrolam tanto.


30 de setembro de 2018

O Coqueiro

Foto de Forest and Kim Starr

Existe uma margem à frente
chamada recato ou rejeição -

por mais que sua palma acene,
dela, a onda não passará não.